Resenha: Doctor Who - O Prisioneiro dos Daleks

Capa do livro Doctor Who -
O Prisioneiro dos Daleks

Título: Doctor Who - O Prisioneiro dos Daleks
Autor: Trevor Baxendale 
Editora: Suma de Letras
Data no Brasil: 2015
Edição: 1ª
Formato: 23x16 cm
Número de Páginas: 207
Categoria: Ficção Científica
Décimo Doutor, interpretado por David Tennant


O Império Dalek não para de se expandir, e batalhas eclodem em vários sistemas solares. Quando o futuro da galáxia está em jogo, o Doutor se vê a bordo de uma nave próxima à linha de frente, junto a um implacável grupo de caçadores de recompensas.

O Comando da Terra paga a eles por cada Dalek morto, por cada olho entregue como prova. Mas, com a ajuda do Doutor, os caçadores conseguem algo de valor inestimável: um Dalek inteiro, vivo, com os sistemas desarmados e pronto para ser interrogado. No entanto, com os Daleks nada é o que parece e ninguém está a salvo. Quando o jogo virar, como o Doutor sobreviverá ao se tornar prisioneiro de seu maior inimigo?

Uma aventura inédita do Décimo Doutor, interpretado na tevê por David Tennant.




A TARDIS 
Em um planeta abandonado, esquecido e coberto de poeira (O planeta Hurala é descrito no livro como um pedaço de poeira no Universo), uma grande caixa azul se materializa. De dentro dela sai um Doutor furioso. A TARDIS (Uma nave espacial e máquina do tempo), por problemas desconhecidos, acaba pousando em Hurala, que antigamente era um ponto de partida para outros planetas.

Sem saber o que fazer o Time Lord (Ou Senhor do Tempo) decide explorar o planeta abandonado. Ele entra em um dos prédios e fica preso neste, sendo resgatado após alguns dias pela tripulação da nave Peregrina, composta por caçadores de recompensas. São eles: O comandante da tripulação Jon Bowman, a enfermeira Stella, o técnico Scrum, Vaguarda - um ex-militar e Koral - uma humanoide leonina.

Após uma rápida batalha, o Doutor e os tripulantes da nave conseguem capturar um Dalek ainda vivo. E o usam para interrogação.



É incrível como Trevor Baxendale consegue captar a essência de David Tennant como o Doutor. Todas as descrições, falas e ações levam a uma perfeita visualização do 10th Doctor.
Enquanto ela se abria (uma porta), todos recuaram para sair da linha de fogo. Lá dentro, sentado nos fundos de uma pequena cela, estava um homem de terno marrom listrado, segurando uma colher de chá. Ele olhou para as pessoas reunidas na porta e, apesar das armas apontadas diretamente para ele, abriu um sorriso que lhe iluminou o rosto.  — Olá! — disse em tom alegre. "

Assim como grande parte das pessoas na série Doctor Who, os tripulantes não vão muito com a cara do nosso amigo viajante do tempo. Principalmente o Capitão Bowman, que só o olha com desprezo e raiva, afinal, tudo começa a dar errado depois que ele encontra o Doutor.

O Doctor se identifica mesmo com Stella, uma das tripulantes, que também é enfermeira. Ele fica impressionado com a sua curiosidade e sua habilidade de fazer sempre as perguntas certas (Duas qualidades que o Doutor realmente admira).
" Stella estremeceu. — Mas por quê? Para que isso? — Lá vem você de novo — disse o Doutor. Sempre fazendo as perguntas certas nas horas certas. Continue. "
Daleks


Este livro nunca foi adaptado para episódio, ou seja, ele é exclusivamente um livro. A história se passa após o Doutor se separar de Donna Noble e enquanto está viajando sozinho, no final da 4º temporada.

Quem ainda não viu a série pode sim ler esse livro, ele não vai influenciar na série. Mas, é claro que você não vai entender alguns detalhes. Por exemplo, quem exatamente são os Daleks e o porquê de o Doctor ser inimigo deles.

Recomendo que vocês assistam a pelo menos um ou dois episódios da série, em que apareçam os Daleks e o Décimo Doutor, seja legendado ou dublado. Isso apenas para entender como os personagens são e também a voz dos Daleks, para que você possa imaginar durante a leitura.

Trevor Baxendale, autor do livro

O Autor

Trevor Baxendale escreve ficção sobre o Universo Who há mais de dez anos e é colaborador da revista Doctor Who Adventures, criando aventuras do Doutor em HQs.
Ele nasceu em 1966, em Liverpool, onde mora com a mulher e os dois filhos.










O interior da TARDIS. Você achou mesmo que o Doutor
viajaria pelo espaço e tempo dentro daquela cabine minúscula?
Ali, sentada, Donna Noble.

Boa leitura e espero que tenham gostado.




Postagens mais visitadas deste blog

As Casas de Westeros - Casa Targaryen ATUALIZADO

| Resenha | Coisas Que o Tempo Levou, de Raimundo de Menezes

[RESENHA] - 'O Mundo de Sofia - Romance da História da Filosofia'